23 de janeiro de 2011

As Três Revelações

AS TRÊS REVELAÇÕES

(07 a 10 anos)
Justiça, Amor, Verdade / Moisés, Jesus, Espiritismo

Tivemos 03(três) Revelações enviadas por Deus, nosso Pai Maior.
A Primeira Revelação refere-se a Moisés e sua missão de justiça.
A Segunda Revelação foi a Revelação de Amor, que Jesus ensinou e vivenciou , exemplificando para nós.
A Terceira Revelação é a Doutrina Espírita, que veio nos dar mais um pedacinho de nossa evolução, trazendo o conhecimento sobre a existência, a comunicabilidade e a eternidade do Espírito.
A Doutrina Espírita é muito rica. Ela nos ajuda a nos conhecer, a conhecer o mundo ao nosso redor e a abrir nossos horizontes para além dessa existência, colocando-nos como cidadãos do Universo, capazes de modificarmos a nós mesmos e ao planeta em sua trajetória evolutiva; educando-nos para o amor e para a vida, apoiada sempre no Evangelho de Jesus, nos Seus ensinos e vivências, buscando nos auxiliar no desenvolvimento de nossas capacidades e no aproveitamento das oportunidades de evolução da presente reencarnação.



A Primeira Revelação


Tivemos três revelações: a primeira, de justiça; a segunda, de Amor e a terceira de consolação.
Vamos falar um pouquinho sobre a primeira, que é a revelação de justiça
Moisés era hebreu, mas fora criado no Egito, onde recebeu uma primorosa educação e sempre acreditou em Deus. Depois de um tempo, quando Moisés já era adulto, ele percebeu que os hebreus eram escravos e que tinha que buscar libertá-los e levá-los para a Terra Prometida e assim ele fez.
Mas, então, os hebreus tinham muita revolta e estavam com os corações muito endurecidos e havia, então, a necessidade de lhes fornecer regras para bem viverem.
Assim, houve a revelação de Justiça. Deus, através da mediunidade de Moisés, mandou a Espiritualidade de Luz passar 10 mandamentos , para que os homens pudessem ter regras de bem viver entre eles.
OS 10 mandamentos são:
1o. Não terás deuses estrangeiros, nem farás imagem para lhe prestar culto;
2o. Não pronunciarás o nome de Deus em vão;
3o. Santificarás o dia do sábado;
4o. Honrarás pai e mãe;
5o. Não matarás;
6o. Não cometerás adultério;
7o. Não roubarás;
8o. Não prestarás falso testemunho;
9o. Não desejarás a mulher do próximo;
10o. Não cobiçarás as coisas alheias.
E esses mandamentos foram gravados e sempre lembrados como forma de conduta para viver em sociedade. Mas... o tempo nos faz esquecer muitas coisas, não é mesmo?


A SEGUNDA REVELAÇÃO

Pois então, os homens também com o tempo acabaram por esquecer as regras recebidas por Moisés e foi necessário ser enviado a Terra alguém que pudesse nos fazer lembrar das Leis Divinas.
Foi quando Jesus veio viver entre nós, para nos ensinar a viver as Leis Divinas. Então, Jesus veio nos ajudar e orientar no bem viver para podermos continuar nossa evolução espiritual.
Jesus veio trazendo com ele a revelação de Amor. E para fazer isso ele nos trouxe dois mandamentos, menos que dez não é? Mas mais importantes e mais profundos que os 10 mandamentos juntos, porque contém dentro desses dois mandamentos, aqueles dez e mais um tanto.
Os dois mandamentos, que Jesus vivenciou e nos deixou como orientação foi:
1o. Amar a Deus, sobre todas as coisas;
2o. Amar ao próximo, como a si mesmo.

Assim, a Lei de Amor instaurada foi para que aprendêssemos e amolecêssemos nossos corações, a fim de que vivenciássemos a fraternidade , a irmandade entre os homens, sem distinção.
E quando Jesus retornou ao Lar Espiritual, nos disse que, dali a alguns séculos, o Pai Maior nos enviaria um Consolador, para novamente nos lembrar das Leis Divinas.


A TERCEIRA REVELAÇÃO

Como Jesus já havia dito, com o tempo, as pessoas acabaram por esquecer os ensinamento de Amor e precisariam de um Consolador , então nos chegou a terceira revelação, como é conhecida a Doutrina Espírita
E assim, os Espíritos ditaram a Allan Kardec, que anotou tudo e editou os livros com essas anotações, para relembrar os ensinamentos de Jesus e explicando mais algumas coisas.
A Doutrina Espírita, relembrou e acentuou os seguintes princípios básicos:
A existência de Deus;
Existência do Espírito, sua sobrevivência após a morte e sua comunicação com o mundo material;
Reencarnação;
Evolução moral e intelectual dos espíritos;
Lei de Causa e Efeito.
Vários (mas não todos) desses princípios são encontrados em todas as religiões cristãs.
Mas,Por que existe Deus? Se há mundo espiritual, como é a vida lá? E vivendo no mundo espiritual, pode se fazer contato com o mundo material? Vivemos uma só vida? Todos temos a mesma evolução espiritual? O que fazemos, de bom ou ruim, recebemos de volta?
É isso que a Doutrina Espírita vem nos explicar e nos fazer raciocinar através de seus três aspectos: ciência, filosofia e conseqüência moral (religião).


Fonte: http://www.cvdee.org.br/sitedagente/espiritismo.asp

Nenhum comentário: