28 de junho de 2012

Aula - Amar a Si Mesmo


AMAR A SI MESMO
Evangelho Seg. o Espiritismo, cap. XI
Tópicos: AUTO-ESTIMA
CONHECIMENTO DE SI MESMO
LEI DE AMOR
 Você é luz! – disse Jesus. 
A amar e perdoar Ele veio nos ensinar.
Mas se de mim eu não gostar, como ao próximo hei de amar?



Objetivos: Realizar o esforço do autoconhecimento necessário à progressiva melhoria do ser.
Bibliografia: Evangelho Seg. o Espiritismo, cap. XI; LE questão 919; Conteúdo Programático da UEM; Brincando e Aprendendo o Espiritismo, volume 4.
Primeiro momento: Dinâmica inicial
Desenvolvimento:
Fazer o desenho de um aquário do tamanho de um papel pardo e fixe-o na lousa.
Entregue as crianças um pedaço de papel sulfite e peça-lhes que desenhem um peixinho, como desejarem... (coloque à disposição lápis preto e de cor, borracha, giz de cera, tesourinha etc.) e depois recortem.
Peça que, assim que terminem, vão à lousa e fixem seu peixinho no aquário.
Após todos fixados, pergunte: Todos os peixinhos estão iguais? Por que são diferentes?
Deixe-os à vontade para falar sobre as diferenças. Provavelmente falem mais sobre as diferenças físicas, lembrem-nos das internas ou do coração.
Peçam para que eles observem todos os peixinhos e pergunte: qual desses peixinhos é o mais belo? Cada peixinho tem a sua beleza e importância, juntos compõe a natureza que é perfeita e foi criada por Deus, e assim conosco também.
Procurar fazer a criança entender que o seu peixinho é tão especial quanto os dos outros. Que devemos sempre nos comparar a nós mesmos (como éramos há algum tempo) e nunca nos compararmos aos outros, pois cada um tem sua caminhada.
O que o aquário representa? Quem são os peixinhos? O aquário é o mundo e os peixinhos somos nós.
Segundo momento:

“Pense duas coisas que você faz para alguém, quando o ama.
Agora, pense duas coisas que você quer fazer por si mesma.”

Jesus veio a Terra nos ensinar a importância do amor e do perdão. Ele nos disse:

"Ama a teu próximo como a ti mesmo".

Quem Ama:

©       Gosta de ajudar
©       Pede desculpa
©       É compreensivo e sabe perdoar
©       Quem ama reparte
©       Quem ama gosta e pratica os ensinamentos de Jesus

Mas como poderemos seguir este, que é o maior dos ensinamentos, se não amamos a nós mesmos?

Parece impossível que alguém não goste de si mesmo, mas não é assim tão raro.

Existem pessoas que não conhecem sua importância na obra divina, não conseguem enxergar a Deus e o seu próprio papel nesta engrenagem maravilhosa da vida e do universo, que se sentem inferiores, sem valor.
Somos todas criaturas de Deus, temos um destino sublime que é a perfeição. Somos eternos! 

Como é ou age a pessoa que não gosta de si mesma? É triste, desanimado e não acredita em sua capacidade, se deixa vencer pela revolta, pelo rancor, pela mágoa, se acomoda, fica sem vontade de lutar; se deixa vencer pelo vício, e se levar pelas pessoas que fazem o mal.

Deixar falarem e perguntar logo depois: Como é ou age a pessoa que gosta de si mesma? Deixar falarem e completar.

E o que é autoestima? A palavra já diz que é estimar-se, gostar de si mesmo.

Qual o modo correto de gostar de si mesmo?
  •          Respeitar-se, tornar-se uma pessoa melhor a cada dia, cuidar do corpo físico, evitando abusos e excessos.
  • Buscar sempre aprender de forma humilde, mas firme e perseverante, ter fé e confiança em Deus e em si mesmo. 
  • Desenvolver hábitos saudáveis.
  • Boa alimentação, higiene pessoal, cuidar da espiritualidade, estar sempre ligado a Deus, estudar, ter lazer saudável, convivência harmoniosa com todos. 
  • Viver em paz e harmonia com as leis de Deus fazendo o bem.
  • Entender que possuímos o corpo físico, a condição social e a família que no momento são os mais adequados para nossa evolução, e isto não nos torna melhores ou piores.
  • Saber que podemos, apesar de certas dificuldades, dar o melhor de nós, nos esforçarmos para viver bem e em paz com todos.
Se devemos amar ao próximo, devemos aprender a NOS amar e respeitar, para poder amar e respeitar os semelhantes.

Se você não faz coisas que fazem bem a você, como vai fazer para os outros?
Não devemos ter complexo de inferioridade ou pena de nós mesmos, esses sentimentos, além de atrasarem nossa evolução, adoecem a alma e, consequentemente, o corpo físico. 
Mas podemos, e devemos tentar modificar o que nos faz infelizes; claro que nos baseando nos valores morais ensinados por Jesus.

Mas, também não devemos alimentar nossa vaidade e egoísmo.

O que é egoísmo?
É achar que tudo de bom tem que ser para nós, que os outros merecem menos, não pensar nos sentimentos e dificuldades das outras pessoas, ligar só para os próprios problemas, não se incomodar se precisar prejudicar alguém para conseguir alcançar seus objetivos.

Costumamos agir movidos pelo egoísmo? Por quê? 
Muitas vezes, ainda pensamos exclusivamente em nós, sem nos preocuparmos com o bem-estar alheio.
Orgulho: Conceito muito elevado que alguém faz de si mesmo

Vaidade: Desejo imoderado e infundado de merecer a admiração dos outros. 

Nós podemos AMAR A NÓS MESMOS SEM SER EGOÍSTAS. Igualemo-nos ao outro e encontraremos o equilíbrio do amor próprio.

Devemos aprender que a verdadeira felicidade nasce em nós mesmos. Não podemos encontrar a felicidade em bens materiais ou em relacionamentos, pois ela não estará lá. A felicidade é uma conquista que chega juntamente com nossa evolução e com o aprendizado do verdadeiro amor. 

Amar o próximo como a si mesmo significa nos amarmos de verdade, termos autoestima, gostarmos do nosso corpo, de tudo que temos, sem querermos o que os outros têm. 


Terceiro momento: HISTORIA:

Ser diferente 
Zezé, o peixinho, estava triste. Ele se achava gordo e desajeitado. Na verdade, queria ser como Fil, o cavalo marinho. Porém, ao contar para o amigo cavalo marinho que seu sonho de ser elegante como ele, descobriu que Fil se achava pequeno e magro demais, e não gostava de seu pescoço. Ele contou, então que desejava ser como Lico,o golfinho, ágil, veloz.
Conversando com Lico, descobriram que ele se considerava frágil demais e, em seus sonhos, via-se forte como Ian, o tubarão.
Superando o medo que sentiam de Ian, foram procurá-lo, para perguntar como era ser forte, ser o corajoso do mar. Mas encontraram Ian triste e solitário. O tubarão possuía poucos amigos, pois tinha fama de ser furioso, e todos tinham medo de se tornar seu jantar. 
Como não conseguiram concluir quem era o melhor bicho do mar, resolveram fazer um concurso para eleger o mais belo da floresta, o animal ideal. E foram procurar Zilá, a tartaruga marinha, para juntos estabelecerem as regras do campeonato.
Zilá era uma estudiosa do comportamento animal, que surpreendeu a todos quando disse:
- Que importa ser o mais belo ou o animal ideal? Deus criou cada animal de um jeito especial, com características próprias. E aí está a beleza da criação. Já pensaram se só existissem tubarões ou estrela do mar? 

Zilá também explicou que cada animal tem virtudes próprias, e que o importante é cada um aceitar-se como é, valorizando o que tem de bom e se esforçando para se tornar alguém cada vez melhor, desenvolvendo qualidades como amor, perdão, respeito, amizade.
Zezé, Fil, Lico e Ian pensaram muito no que disse Zilá. E não realizaram o concurso. 
A partir dessa conversa, Zezé parou de reclamar de seu peso e iniciou um programa de exercícios; Fil aceitou-se como era pequeno e magro e deixou de ser fofoqueiro; Lico tornou-se mais alegre e satisfeito com a vida e Ian tem se esforçado para ser mais calmo e simpático e fazer novos amigos. Assim, todos colaboram para que o mar se torne um lugar melhor para se viver.


Quarto Momento:

  • Distribuir desenhos de animais marinhos para que escolham qual desejam colorir.
  • Depois de colorir distribuir palitos de churrasco e colar atrás.

  • Pronto! Agora que fizeram o fantoche, dizer-lhes que eles irão representar que o bichinho do mar vai contar pra turma sua história. Vai dizer o nome (o mesmo do evangelizando), o que mais gosta de fazer, suas qualidades e defeitos e o que precisa mudar.


PRECE FINAL

PERSONAGENS da HISTÓRIA:






DESENHOS - ATIVIDADE FANTOCHE








6 comentários:

Luciana Silva disse...

Adorei a aula. Estou entrando no mundo da evangelização agora e seu site está me ajudando bastante com muitas idéias. Parabéns!

Ivy'antenada disse...

Olá Simone,
Também estou começando agora na evangelização e suas aulinhas tem me ajudado muito. Parabéns e muito obrigada! Abraço

Lilly disse...

Oii Simone! Adoro suas aulas, muito mesmo, me sao muito uteis.. Parabens pelo seu trabalho! Deus a abençoe!

willene disse...

Simone obrigada pela montagem deste site pois tem muito me auxiliado a tentar ser uma Evangelizadora. Que Deus te ilumine sempre!

BI - Easy to learn disse...

Muito bom seu Blog. Parabéns, !!! Vai me ajudar demais para a próxima aula de evangelização . Muito obrigada.

Maria Cláudia Suênia dos Santos Pereira disse...

Parabéns pelo Blog!Adorei esta aula, como todas as outras são ótimas e me ajudam muito.
Obrigada por compartilhar suas experiências conosco! Que Deus te abençoe!