25 de fevereiro de 2013

Atividades e Dinâmicas


Dinâmica – Amor em Movimento

Número mínimo 10 pessoas ( quanto mais jovens, mais interessante fica.)

 Confeccionar um dado grande, de papel cartão. E um saquinho com os nomes dos integrantes da Mocidade.
 ( há um modelo de dado no site Amiga da Educação - mas também sugiro encapar com papel colorido uma caixa quadrangular e colar as figuras nas faces. Infelizmente, o meu dado de papel cartão não foi muito resistente e lá para o meio da dinâmica já estava meio "caidinho". Por isso, não consegui tirar uma foto bacana do dado.)

Este dado é um dado especial: em cada face há uma ação de carinho a ser realizada (abraço, elogio, aperto de mão...). Você pode inventar outras ações se desejar. Abaixo você encontrará as figuras para serem coladas.

Como se joga?

Deve se escolher alguém para iniciar a dinâmica.
Sugerimos o próprio evangelizador, pois seu nome não está incluído no saco de nomes.
Um nome será sorteado pelo evangelizador no saquinho de nomes e após, ele deverá jogar o dado. Feito isso, ele deverá aplicar o gesto tirado no dado na pessoa sorteada no saco de nomes.

Após aplicar o gesto, a pessoa que foi cativada deverá ficar de braços dados com quem a cativou. (começa a se formar um elo. Uma corrente)

E o cativado fará o mesmo, jogará o dado e sorteará um nome. A ação que sair no dado deverá ser executada pelo par na próxima pessoa a ser cativada e assim por diante. Os cativados devem se juntar a corrente e todos deverão realizar a ação tirada no dado, juntos.

Teremos assim uma enorme corrente de cativadores e cativados ao final da dinâmica. O que queremos demonstrar é que o amor contagia e conquista, como uma verdadeira corrente.
Aproveitar a corrente da dinâmica e formar um círculo para a oração final.


Gostou?

Abaixo as figuras para você colar nas faces do seu dado. É simples: só clicar na imagem e salvar no seu computador.


*Desconheço a fonte.


DINÂMICA - O PRESENTE


Para fazer essa dinâmica é necessário uma caixa com bombons ou outra goloseima que possa ser divida entre todos. Disfarce a caixa fazendo um embrulho em bonito, se possível coloque em outra caixa maior com alguma coisa para fazer peso e barulho (pedra, revista, brinquedo, etc).
Deixe os participante curiosos para saber o que há dentro. Questione-os se sabem o que há dentro da caixa e se querem para si ou não.
Escolha uma pessoa bem alegre, entregue o presente e leia para ela o texto o abaixo, e essa pessoa deverá escolher outra que julgue ter a característica citada e entregar o presente, lendo o texto seguinte até terminar as opções.
Não há problema se alguém for escolhido mais de uma vez, mas vale lembrar aos participantes que dêem preferência a quem ainda não foi para que todos possam participar.

ALEGRIA! ALEGRIA!
Hoje é festa, pessoas como você transmitem otimismo e alto astral. Parabéns, com sua alegria passe o presente a quem acha mais INTELIGENTE.

INTELIGENTE
A inteligência nos foi dada por Deus. Parabéns por ter encontrado espaço para demonstrar este talento, pois muitas pessoas são inteligentes e a sociedade, com seus bloqueios de desigualdade, impede que eles desenvolvam sua própria inteligência. Mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem lhe transmite PAZ.

PAZ
O mundo inteiro clama por paz e você gratuitamente transmite esta tão grande riqueza. Parabéns! Você está fazendo falta às grandes potências do mundo,responsáveis por tantos conflitos entre a humanidade. Corn muita Paz, passe o presente a quem você consideraAMIGO.

AMIGO
Diz uma música de Milton Nascimento, que "Amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito, dentro do coração". Parabéns por ser amigo, mas o presente. . .ainda não é seu. Passe-o a quem você considera DINÂMICO.

DINÂMICO
Dinamismo é fortaleza, coragem, compromisso e irradia energia. Seja sempre agente multiplicador de boas idéias e boas ações em seu meio. Parabéns! Mas passe o presente a quem acha mais SOLIDÁRIO.

SOLIDÁRIO
Parabéns! Você prova ser continuador e seguidor dos ensinamentos de CRISTO.Solidariedade é de grande valor. Olhe para os amigos e passe o presente a quem você considera ELEGANTE.

ELEGANTE
Parabéns! Elegância (beleza, etc...) completa a criação humana e sua presença torna-se marcante, mas o presente ainda não será seu, passe-o a quem você acha mais BELO.

BELO
Parabéns! A beleza torna a presença ainda mais marcante. Mas o presente não será seu. Passe-o a quem você acha mais OTIMISTA.

OTIMISTA
Otimista é aquele que sabe superar todos os obstáculos com alegria, esperando o melhor da vida e transmite aos outros a certeza de dias melhores. Parabéns por você ser uma pessoa otimista! É bom conviver com você, mas o presente ainda não será seu. Passe-o a quem você acha COMPETENTE.

CONPETENTE
Competentes são pessoas capazes de fazer bem todas as atividades a elas confiada se em todos os empreendimentos são bem sucedidas, porque foram bem preparadas para a vida. Essas são pessoas competentes como você. Mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você considera CARIDOSO.

CARIDADE
A caridade é como diz São Paulo aos Coríntios: "Ainda que eu falasse a língua dos anjos, se não tiver caridade sou como o bronze, que soa mesmo que conhecesse todos os mistérios, toda a ciência, mesmo que tomasse a fé para transportar montanhas, senão tiver caridade de nada valeria. A caridade é paciente, não busca seus próprios interesses e está sempre pronta a ajudar, a socorrer. Tudo desculpa, tudo crê, tudo suporta, tudo perdoa". Você que é assim tão perfeito na caridade, merece o presente. Mas mesmo assim, passe o presente a quem você acha PRESTATTVO.
PRESTATIVO
É aquele que serve a todos com boa vontade e está sempre pronto a qualquer sacrifício para servir. São pessoas agradáveis e todos se sentem bem em conviver. Você bem merece o presente. Mas ele ainda não é seu. Passe-o a quem você acha que é um ARTISTA.

ARTISTA
Você que tem o dom da Arte e sabe transformar tudo, dando beleza, luz, vida,harmonia a tudo que toca. Sabe suavizar e dar alegria a tudo que faz. Admiramos você que é realmente um artista, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você achaque tem .


Fé é o dom que vem de Deus. Feliz de você que tem fé, pois com ela você suporta tudo, espera e confia porque sabe que Deus virá em socorro nas horas difíceis e poderá ser feliz. Diz o salmo 26 "O Senhor é a minha luz e minha salvação, de quem terei medo?" Se você acredita e espera tanto de Deus, sabe também esperar e ter fé nos homens e na vida e assim será feliz. Mas o presente não é seu, pois você não precisa dele. Passe-o a quem você acha que tem o espírito de LIDERANÇA.

LIDERANÇA
Líderes são pessoas que sabem guiar, orientar e dirigir pessoas ou grupos, com capacidade, dinamismo e segurança. Junto de você que é líder sentimos seguros e confiamos em tudo o que você diz e resolve fazer. Confiamos muito em você, que é líder, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha mais JUSTO.

JUSTO
Justiça! Foi o que Cristo mais pediu para o seu povo e por isso foi crucificado.Mas não desanime. Ser justo é colaborar com a transformação de nossa sociedade.Mas já que você é muito justo, não vai querer o presente só para você. Abra e distribua com todos, desejando-lhes FELICIDADES!
E assim o presente é distribuído entre todos!

DINAMICA - FAZENDO ARTE

ORGULHO E EGOÍSMO

Dividir a turma em pequenos grupos. Distribuir papel e material para desenho e pintura ,de tal forma que um grupo tenha lápis azul e verde, outro amarelo e marron outro tenha cola e tesouras.
Para a execução do trabalho, os grupos deverão emprestar materiais uns aos outros.
Por um lado, a criança perceberá que não é possível realizar o trabalho sozinha, o que tende a prevenir o orgulho.

LEI DO PROGRESSO
FONTE: PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO
WALTER DE OLIVEIRA ALVES
VOLUME 3

DINÂMICA- vamos animar o encontro?

ABRAÇO

De mãos dadas.Olha a roda! Uma pessoa vai orientando a brincadeira e participando também. Quando essa pessoa disser:"Abraço de três".Todos começam a se abraçar em grupos de três. Depois da confusão, é bom prestar atenção: ficou alguma pessoa de fora ou deu para dividir toda a turma em grupos de três?
Então vamos desfazer os grupinhos e voltar para a grande roda.
E aquela pessoa anuncia:
-Abraço de cinco!
E as pessoas começam a formar grupos de cinco...
-Abraço de um!
Aqui todos devem ficar no mesmo lugar.Cada um abraça a si mesmo
- Abraço de todo mundo!
Todos se abraçam numa grande roda. Abraço, firme e forte.
- Abraço de dez!
E a brincadeira continua...

PUXA PROSA
O abraço é um sinal de amizade. Vamos descobrir outros gestos que são sinais de amizade?
Como você se sente participando deste grupo?
Qual o nome das pessoas que ficaram com vc no grupo de três? E no grupo de cinco?

RECRIAR

Vamos transformar essa brincadeira?

Por exemplo....

Agora vamos abraçar e... conversar. Atenção!
Conversa de um! Conversa de dois!
Agora vamos abraçar e... cantar...
Atenção! Cantoria de cinco! Cantoria de dez!
Todo mundo cantando!

(Livro-Carretel de idéias-Francisco Marques)

DINÂMICA DA ESPERANÇA

Trazer jornais e revistas e escolher com as crianças tudo o que inspira esperança, vida: sol, lua, estrelas, flores, árvores, pessoas sorrindo, etc
Com estas figuras, formar um painel com as expressões DEUS É ESPERANÇA E DEUS É A RAZÃO DE NOSSA ESPERANÇA. Cada criança deverá recortar um circulo colorido para colorir o painel. Nos círculos escrever palavras que falam da esperança. Ex.: vida, justiça, igualdade.
Cantar, de mãos dadas, em volta do painel, uma música que fala da esperança
.

Jogo do milhão

Dividir o grupo em dois grupos.
Cada grupo deve eleger um representante que deverá ir a frente para responder as perguntas.
Cada grupo deve eleger 3 representantes para serem os universitários
O restante do grupo serão os ajudantes da platéia.
Cada representante poderá usar somente uma vez cada opção.
*Responder a pergunta (esta deve ser usada sempre, srsrsr)
*Pular a pergunta
*Pedir ajuda aos universitários
*Pedir ajuda a sua platéia
A platéia fica com uma placa A, B, C e D para votar na resposta que achar correta
Os 3 universitários respondem a resposta. 
Então faremos as perguntas com 4 alternativa falando da vida de Kardec e o surgimento do espiritismo.
O grupo que acertar o maior número de perguntas ganha.
Temos 28 perguntas assim divididas:
 Cada rodada o grupo poderá responder 6 perguntas ficando a 7ª para caso do grupo pular.
Fazer uma pergunta para cada representante. Vc pode fazer quarto grupos se a sua turma for grande ou dois grupos com duas rodadas.


Loja Mágica

Jogo descrito por Moreno no livro "Psicodrama".
(Todas as idades, desde que adaptado)
OBJETIVO GERAL: Avaliar nossas necessidades íntimas e o investimento necessário para atingí-las.
Material: Figuras ou palavras afixadas num painel ou lousa, que serão as "mercadorias".
Como aplicar:
O coordenador representará no palco a "Loja Mágica", da qual será o vendedor. A loja está repleta de bens imateriais ou imaginários.
Os itens não estão à venda, mas podem ser trocados por outros valores imateriais que cada membro do grupo que se candidata a adquirí-lo deve buscar dentro de si.
Um após outro, os participantes "entram" na loja e "negociam" com o vendedor, até atingirem um valor considerado justo, quando então a troca é efetuada.
Variações:
- Para crianças pequenas, esta loja foi feita com animaizinhos de estimação. Se a criança desejava o animal, precisava oferecer cuidados, carinho, etc.
- Para jovens, pode-se fazer um levantamento das profissões que desejam seguir. A troca é feita quando cada participante reconhece as qualidades íntimas necessárias para exercer aquela profissão e aceita oferecê-las em troca.

Choquinho: um jogo de "volta à calma"

(A partir dos 6 anos.)
OBJETIVO GERAL: Jogo de calma. Trabalha atenção, concentração e sensibilidade
Material: Nenhum
Como aplicar:
1. Dividir a classe em dois grupos de igual número e colocá-los (os grupos) sentados frente a frente, em fileira, de pernas cruzadas, cabeças abaixadas, olhos fechados e mãos dadas.
2. O coordenador ficará de um dos lados, segurando as mãos dos primeiros participantes de cada grupo.
3. O jogo se inicia quando o coordenador aperta levemente e simultaneamente as suas mãos.
4. Estes deverão passar os estímulos à frente, até que cheguem ao último do seu grupo.
5. Quando isto acontecer, este último deverá levantar sua mão assinalando que o "choquinho" chegou até ele. O grupo que passar o "choquinho" primeiro será o vencedor.
Variações:
- Um auxiliar do coordenador pode ficar na outra extremidade e indicar o vencedor.
- Pode-se estipular que o impulso irá até o auxiliar, que o devolverá para que retorne ao coordenador.

Desenhando emoções

Idade Sugerida: a partir dos 9 anos.
Objetivo: Reconhecimento dos próprios estados interiores e emoções e de como eles dão características aos nossos fluidos.
Materiais: Folhas de papel e giz de cera para todos; livro “ME e o Poder de um Sorriso”.
1. Leia a história ME e o Poder de um Sorriso expressivamente, mostrando as ilustrações. Leve as crianças a observarem a nuvem do mau humor de ME.
2. Converse sobre o que entenderam daquilo que ouviram e viram, e pergunte se o que aconteceu com ME também acontece conosco ou com pessoas perto de nós. Às vezes, não parece que há nuvens sobre nossa cabeça?
3. Distribua folhas para desenho, pedindo às crianças que dividam em seis partes, podendo usar dobras, como indicado abaixo:

4.. Peça-lhes que escolham um dos espaços e cada uma vai desenhar como vê o seu próprio mau humor, escrevendo qual nuvem é aquela. (Esta é uma atividade para ser feita em silêncio, conversando somente consigo mesmo.)
5. Depois, peça para que vão desenhando a nuvem da alegria, a da tristeza, a do medo, a da coragem e a da paz. Se alguém realmente não conseguir, diga para deixar em branco.
6. Em seguida, cada um poderá mostrar seus desenhos para a turma. Diga para aqueles que não desenharam, observarem se algum dos desenhos mostrados seria parecido com o jeito de perceber sua emoção.
7. Será que quando pensamos e sentimos, realmente criamos algo? Uma “nuvem” que, mesmo que não seja visível, fica conosco e faz diferença no nosso jeito de sentir e de agir?... Conversar sobre as emoções e sentimentos e a qualidade que dão aos fluidos.

Vila Feliz: História com dobradura

(A partir dos 7 anos.)
OBJETIVO GERAL: Observar a importância do lar e dos bons sentimentos na construção da felicidade.
OBJETIVO ESPECÍFICO: Montagem coletiva de um painel ou maquete.
COMO APLICAR:
MATERIAL: Um quadrado de papel para dobrar, folha de cartolina ou papel kraft, material de pintura.
COMO FAZER:
- Ensine a a dobradura aos seus alunos, passo a passo. (Sempre aguarde que todos cheguem onde você está para mostrar o passo seguinte.) Enquanto ensina a fazer a casinha, conte a história. (Ver folha para imprimir).Conclua dizendo que nós sabemos que há casas onde não há esta harmonia. Mas há sentimentos que tornam nossa casa um lar feliz, e nós podemos construir felicidade a partir deles.
- Quando as crianças terminarem, peça-lhes que pensem em qual é o ingrediente mais importante de um lar feliz. Peça que cada uma que escreva este ingrediente que achou mais importante na casinha, coloque seu nome e pinte como quiser.
- Agora vamos criar uma vila ou uma cidade, colando as dobraduras de todos na cartolina ou papel kraft de modo que formem ruas, praças. Vamos colocar flores, árvores, pessoas, animais e tudo que desejarem. Você pode colocar a casinha de pé (ver figura), e fazer uma maquete em vez de painel.
- Pergunte se a classe já pensou como seria uma cidade em que todas as casas fossem assim. Como as pessoas viveriam? E as crianças? E os idosos?
- Coloque o painel ou a maquete em lugar visível da casa espírita, como uma mensagem de otimismo e amor para pessoas de todas as idades.

Corrida da Centopéia (Jogo da Leitura)

(A partir dos 7 anos.)
OBJETIVO GERAL: Incentivar o desejo de ler e o interesse pela leitura.
OBJETIVO ESPECÍFICO: Conseguir montar a centopéia mais longa.
MATERIAL: Uma ou duas cartolinas grandes (dependendo do número de crianças), cartolina ou colorset recortados em rodelas de cerca de 5 cm de diâmetro, cola, canetinhas.
COMO APLICAR:
- Entregar para cada criança um círculo de colorset ou cartolina, pedindo que desenhe a carinha da centopéia. Colar as carinhas à esquerda de uma cartolina, com o nome da criança a quem pertence. Determinar um prazo (trimestre ou semestre) e explicar que cada um irá formando a sua centopéia, acrescentando um pedaço do corpo para cada livro lido. Só valerão os livros lidos e compreendidos, e seus títulos e autores serão escritos neste círculo. Se perceber que uma criança não está lendo de fato, explique que ela não vai participar mais do jogo. Estimule a classe a falar dos livros que estão lendo.
- Vence quem tiver a centopéia mais comprida.
Obs.: Você pode sugerir que dêem nome às suas centopéias, desenhem suas perninhas, enfeitem com linha ou lantejoulas, etc.

Forca-frase

(Crianças em fase de alfabetização.)
OBJETIVO GERAL: Incentivação para um tema a ser estudado, fixação, entretenimento.
OBJETIVO ESPECÍFICO: Descobrir a frase proposta.
MATERIAL: Papel de rascunho e lápis, lousa e giz.
COMO APLICAR:
- Escolha uma frase relacionada ao tema que está abordando e monte no papel um esquema conforme o exemplo abaixo:








- Os números ajudam a colocar as letras nos locais corretos, os pontos separam palavras. Coloque na lousa a forca, da seguinte maneira:

- Desafie a classe a descobrir a frase, indicando alunos que digam as letras e completando, como o jogo de forca comum.

O Jogo das Saudações

OBJETIVO GERAL: Facilitar o entrosamento, despertar a cordialidade e espontaneidade.
OBJETIVO ESPECÍFICO: Atividade inicial para promover aproximação entre os colegas, ou entre eles e crianças novas, no primeiro dia do ano em que se encontram.
COMO JOGAR:
- Peça que todos se levantem e caminhem pelo espaço. Avise que você vai dar um sinal (pode ser uma palma ou apito) e, quando o ouvir, cada um deverá parar diante de um colega, trocar um olhar e acenar com um “tchauzinho”. Quem não conseguir um par para fazer isto irá sentar-se no chão.
- A brincadeira recomeça. Todos voltam a caminhar pelo espaço, pois ninguém fica de fora, neste jogo. Só que agora a regra é outra: ao ouvir o sinal, todos vão parar diante de duas pessoas (nenhuma pode ser a mesma de antes), trocar um olhar e perguntar os seus nomes. Quem não conseguir, vai sentar-se no chão.
- Agora, vamos parar e segurar a mão de três pessoas, que não sejam as mesmas das etapas anteriores.
- Em seguida, vamos dar um forte abraço em quatro pessoas...
- Para terminar, todos vão cumprimentar quem ainda não cumprimentaram e voltar aos seus lugares.

Corpo e emoção

Atividade baseada em comunicação psicofônica de Cynthia, cuja resenha foi publicada no Jornal do CEM (edição de Fevereiro de 2003) sob o título "Cura e Saúde Espiritual", e em atividade proposta por Marge Heegard no livro "Quando alguém muito especial morre", Ed. Artes Médicas.

(A partir dos 7 anos.)
OBJETIVO GERAL: Perceber como as emoções e sentimentos provocam alterações no corpo; compreender seus efeitos sobre a saúde integral do Ser.

Material: Folhas com figura, uma para cada participante; giz de cera nas cores pedidas na folha; 2 copos transparentes, um com água limpa e outro com água suja; música suave.
Como aplicar:
1. Colocar a música e pedir que os participantes fechem os olhos, pondo-se confortáveis (deitados ou sentados).
Chame a atenção para a respiração, para que se torne mais lenta e profunda. Quando viemos morar na Terra, ganhamos um corpo. Às vezes, nos esquecemos dele, mas é muito importante para nós. Com ele brincamos, falamos, abraçamos. Nele sentimos muitas coisas. As emoções e sentimentos são sentidas no corpo. Você já percebeu que algo acontece no seu corpo, quando você fica nervoso? Onde, no seu corpo, você sente o nervosismo? (Dê um tempo para auto-observação) E a felicidade... quando está feliz, onde ela aparece no seu corpo? Continue falando de todos os sentimentos e emoções presentes na folha de atividade.
2. Agora é hora de pintar, na figura, os lugares são experimentados cada sentimento e emoção. Como é uma atividade individual, as conversas devem ser limitadas. Isto pode levar até 15 minutos.
3. Pergunte se alguém quer falar de sua experiência ou de seu desenho.
4. Sentimentos e emoções são nossas fontes de saúde e doença. Usando os dois copos de água como demonstrações, desenvolva uma reflexão baseada no texto de Cynthia, principalmente, neste trecho:
"A cura, a saúde do Espírito, está toda, toda, toda, no sentimento [que temos].
"Então, a fonte do sentimento é a fonte da saúde. E quando nós melhoramos nosso sentimento, melhoramos nossa saúde.
"Quando nós contaminamos a fonte do sentimento, sendo desta fonte que nós nos alimentamos, então, nós adoecemos.
"Quando nós conseguirmos purificar a fonte do sentimento, nós encontraremos a verdadeira cura. A cura definitiva. Mas nós estamos sempre deixando esta fonte se turvar, esta água escurecer, por descuido, por questões de menoridade evolutiva, ainda. Nós deixamos a raiva, o ódio, o ressentimento, a mágoa, turvarem a nossa fonte. E aí, nós bebemos desta fonte...
"A sua situação é a seguinte: é como se você pudesse escolher entre a fonte da água pura e a fonte da água contaminada.
"O que acontece com as pessoas que bebem água contaminada? Adoecem. E a fonte turva de sentimentos é onde se originam nossas doenças.
O preço da saúde espiritual, portanto, é a conquista e a manutenção constante de melhores sentimentos.

Um cartão para as mães

(A partir dos 5 anos.)
OBJETIVO GERAL: Refletir sobre a função materna em nossas vidas e lembrar da pessoa que a exerce.
OBJETIVO ESPECÍFICO: Confeccionar um cartão coompreendendo o seu significado.
MATERIAL: Retângulo de papel reciclado (ou outro que sirva para confeccionar um cartão, no tamanho de ½ de uma folha A4); semente bonita, flor desidratada entre as páginas de um livro, cola e caneta.
COMO APLICAR:
1. (Um mês antes.) Converse com os alunos sobre suas mães. Pergunte quantos moram com as mães; se alguém não mora e deseja dizer por quê, pode dizer, e também, se for o caso, se tem alguém em suas vidas que estas crianças consideram como suas mães. Pergunte, então, qual é a importância das mães e se têm vontade de homenageá-las. Peça às crianças que escolham uma flor bonita e coloquem no meio de um livro, ajeitando cuidadosamente para que ela seque.
2. No dia da atividade, cada um vai fazer o seu cartão, que vai ficar assim:

3. Se tiverem mais de 10 anos, entregue o roteiro abaixo para ser transformado no texto de cada um, que pode ser entregue à mãe ou guardado para si. Eu o recebi numa palestra espírita, então, se alguém souber de onde vem, por favor, me diga.
a) O nome completo da minha mãe é ...
b) Seu aniversário é dia ... e a idade dela é ...
c) Quando eu nasci, minha mãe ...
d) Quando fico doente, minha mãe ...
e) O melhor presente que eu dei para ela foi ...
f) Meu pai acha que minha mãe ...
g) Um dia em que minha mãe estava chorando, eu ...
h) Quando ela ficou doente, eu ...
i) O prato predileto dela é ...
j) Percebo que as roupas que elas usa são ...
l) Ela gosta que eu ...
m) Sabe, ela fica muito brava quando eu ...
n) Senti que gosto dela no dia em que ...
o) Ela fica muito séria quando o assunto é ...
p) Sinto vergonha quando ela ...
q) O último passeio que fiz com ela foi ...
r) A voz da minha mãe é ...
s) Eu acho que minha mãe ...
t) A risada dela é ...
u) Sinto prazer quando minha mãe ...
v) Enfim, minha mãe ...
x) No Dia das Mães, eu ...

Teatro de Mãos

(A partir dos 4 anos.)
Se você tem:
  • um jogo de canetinhas;
  • um desenho de uma lâmpada;
  • um anel bonito que sirva no dedo anular;
  • e um dedal...
Pegue o livro "Os Dez Amigos" de Ziraldo e monte um teatro de mãos para a sua turminha!
A história fala sobre amizade e companheirismo, de um jeito muito bacana.
Sugestões:
1) Os dedos, juntos, descobrem que podem brincar de tudo! Pergunte às crianças que mais os dedos podem, fazer, além de brincar. Tocar instrumentos? Ajudar?
2) Desenhe carinhas nos dedos das crianças e proponha que cada uma crie uma conversa entre os seus dedinhos. Use canetinhas coloridas, para melhor efeito. As crianças também podem criar chapéus, gravatas, saias, para seus dedinhos e dar-lhes nomes.
3) Você não precisa parar por aí. Que tal adaptar outros textos? Que tal criar seus próprios roteiros?

Como ser amigo?

(A partir dos 14 anos.)
Baseado no texto abaixo, disponível na página Oficina de Sentimentos
"Três critérios são fundamentais para escolher um amigo. Primeiro, ficar alegre com a minha alegria. Pessoas invejosas, críticas e destrutivas não nos ajudarão na nossa sanidade e dignidade. Segundo, aceitar o meu “não”. Amigos controladores, que querem me submeter e não aceitam minha autonomia, vão atrapalhar meu equilíbrio emocional. Terceiro me ajudar a conviver com minhas fraquezas em vez de estar o tempo todo me criticando. Amigos que se arvoram em ser meus educadores, terapeutas e guias espirituais acabam minando minha auto-estima e dificultando minha aceitação como pessoa humana, o que é essencial para minha felicidade.” Antonio Roberto Soares
Atividade de dramtização
1. Entregue o texto acima impresso ou confeccione com ele um bonito cartaz, colocado à vista de todos.
2. Em seguida, divida a classe em duplas e entregue a cada dupla tiras de papéis com s indicação da cena que deverão preparar. Dê um tempo (5 a 10 minutos) para que as duplas combinem o que farão.
1a) Alegrar-se com a alegria do outro.
1b) Criticar e destruir o outro.
2a) Aceitar o "não" do outro.
2b) Insistir e querer controlar a vida do outro.
3a) Ajudar a conviver com as fraquezas.
3b) Viver criticando o outro.
3. A cada bloco de duas encenações, troque impressões com os alunos.
4. Conversar sobre as situações encenadas, se elas fazem parte de nossas vidas. E, finalmente, sobre que tipo de amigos procuramos e que tipo de amigos nós somos.
5. Perguntar se há outras qualidades dos amigos que podemos lembrar e que não foram citadas no texto.





8 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia,
Estou apaixonada por este blog, ele está me ajudando demais...
obrigada.

JulianaMartins disse...

Adorei a Dinâmica: "Amor em Movimento" sugerida por vocês. Vou fazer amanha com a turma de Evangelização Infantil Espirita e depois volto pra contar como foi. Obrigada.

Maria do Rosário da Silva Varriano disse...

Olá! Parabéns pelo blog, estou com uma turminha de evangelização e vou utilizar suas idéias que são maravilhosas.
Obrigada, que Jesus te Ilumine e fortaleça seu ânimo, porque assim estaremos nos saciando desta fonte límpida e pura de bondade e generosidade. forte abraço!

Anônimo disse...

Que legaaaal!!!
Sou de Rio Verde- Goias e comecei a ajudar na evangelização de crianças no centro onde participo. E esse blog vai me ajudar muuuuito!
Adorei as idéias

CRISTIANE FARIAS disse...

Adorei as ideias para trabalhar com crianças e adolescentes na evangelizaçao. Adorei todas! Que Deus continue nos inspirando!!!

CRISTIANE FARIAS disse...

Salvador-Bahia

CRISTIANE FARIAS disse...

Salvador-Bahia

CRISTIANE FARIAS disse...

Adorei as ideias para trabalhar com crianças e adolescentes na evangelizaçao. Adorei todas! Que Deus continue nos inspirando!!!