13 de novembro de 2013

AULA - As curas em nosso dia-a-dia (Passe)


As curas em nosso dia-a-dia

Objetivos:
- Lembrar de forma singela os diferentes métodos de cura existentes em nosso mundo e em diferentes realidades, de outros povos e países, com culturas milenares.
- Sensibilizar os evangelizando para o conhecimento e respeito aos passes - como real instrumento de cura que a tantos auxilia e respeito também ao ambiente e aos passistas, que são colaboradores de Cristo, trabalhando em uma seara abençoada de luz. 
- Abordar as terapias de curas existentes e que a tantos beneficia, como as terapias com passes, com florais, que consideram o ser holisticamente, como um ser integral, ou seja, considerando-o física, psíquica, emocional e espiritualmente. Importante lembrar da atenção e cuidado que devemos ter, sendo necessária o conhecimento e a confiança nas escolhas destas terapias (quais, como são, a pessoa que realiza, onde, etc.).                                                                     

PRIMEIRO MOMENTO: Incentivo inicial:

Retirar de uma sacola, caixas e frascos de remédios e pedir que as crianças nomeiem e digam para que servem e quando são usados. Deverá explorar bem o material, deixando que as crianças os manuseiem; deixando que as crianças falem de outros remédios, se já tomaram remédios, se já ficaram doentes, se gostam se não gostam como elas se sentem em relação a eles.
Todos aqui já ficaram doentes ou caíram e se machucaram? Todos já usaram remédios como estes daqui para ficarem curados? Para sarar? Onde papai e mamãe compram esses remédios? Ah! Na Farmácia...
E quando ficam muitos tristes, desanimados ou irritados com raiva, que fazem para melhorar? (Deixar que exponham suas opiniões e experiências).

SEGUNDO MOMENTO: Nosso corpo e nosso Espírito exigem muitos cuidados para serem conservados saudáveis. A saúde é um bem precioso, que não tem preço. Quem tem saúde é alegre, feliz, trabalha, brinca e estuda, ajuda os semelhantes praticando o amor e caridade. Devemos cuidar de nossa saúde, evitando doenças físicas, mentais e espirituais.
Devemos ter cuidados com o corpo, como a HIGIENE, para termos uma boa saúde física e mental.
A HIGIENE física ajuda a prevenir doenças de origem física.
A HIGIENE mental ajuda a prevenir doenças de origem espiritual.

O que são doenças de origem espiritual? – Isso nós vamos ver na aula hoje.

DESENVOLVIMENTO: Doenças físicas e espirituais
Todos nos somos um conjunto formado por corpo e espírito, por isso para vivermos bem precisamos estar bem fisicamente e espiritualmente, este equilíbrio significa FELICIDADE.

As doenças físicas são causadas por vírus, bactérias, acidentes, etc., e são tratadas pela medicina.

As doenças de origem espiritual são causadas por problemas de outras vidas, ou por como conduzimos nossos sentimentos, pensamentos ou ações.

Exemplos de problemas de outras vidas são: crianças que nascem com alguma deficiência física, doenças hereditárias, como tipos de câncer, diabetes, doenças crônicas, como alergias, etc.
Isso acontece porque as nossas más ações, sentimentos ruins (raiva, ódio, egoísmo, orgulho, inveja, maledicência, críticas destruitivas) que não estão de acordo com as leis de Deus ficam marcadas em nosso CORPO ESPIRITUAL (Perispírito) e essas marcas se manifestam em nosso novo corpo físico, um dia, provocando doenças que levaremos para outras vidas se não procurarmos corrigir nossos sentimentos maus por aqueles que o Mestre Jesus ensinou. Quais são os sentimentos que Jesus nos recomendou?

Por isso devemos procurar fazer coisas boas para não acumularmos estas marcas em nosso Corpo Espiritual, começando por uma higiene mental, como por exemplo:
Evitar sentimentos como: (cobiça, ódio, preguiça, inveja, ciúme, ambição etc.)
Procurar nutrir bons sentimentos como: (amor, carinho, respeito, caridade, compreensão, tolerância, amizade, etc.)
Da mesma forma que a boa alimentação (carne, ovos, frutas, verduras...) nos dá saúde e energia para o corpo, os bons pensamentos nos favorecem com a saúde mental e os bons sentimentos nos dão a saúde espiritual.
Para as doenças físicas, mentais e psicológicas existem vários tratamentos que a medicina cura, controla e trata. Tais como: tratamentos como a homeopatia (ervas medicinal), florais, etc., para reequilíbrio dos corpos físicos e espirituais.

Na casa espírita há um tipo de tratamento, um remédio que ajuda a curar doenças do corpo, do coração e do espírito. Sabem de qual me refiro? é um remédio que não se compra na farmácia ou se pega no posto de saúde; que ele é dado de graça por pessoas de boa vontade. Após as resposta... É o passe.

Mas o que é passe? O Passe é uma transmissão de energia, através das mãos, assim como o sol transmite sua energia, calor a nós, o passista (pessoa que aplica passe) transmite energias que ele recebe do mundo espiritual.
Quando guardamos em nossos corações muitos sentimentos e idéias ruins, esses nos fazem ficar doentes, estou falando é daqueles sentimentos de raiva, egoísmo, irritação, rancor e vingança que guardamos e que tanto faz mal para o corpo e para o espírito, provocando dor de cabeça, desânimo, mau-humor, etc.
Esses pensamentos ruins são como sujeirinhas que ficam presas no perispírito da gente em forma de nuvenzinhas escuras, feias e desagradáveis.

TERCEIRO MOMENTO: 
1) Demonstração - PASSE
Vejam as figuras: (colar no quadro um cartaz com desenho de uma paisagem e outra de uma criança) 
®    Como já o dissemos, ficam registrados em nosso perispírito (breve explicação) muitas de nossas emoções, tanto as boas como as ruins, e as ruins são como nuvenzinhas escuras e feias que ficam grudadas em nosso perispírito (colar as nuvenzinhas com pensamentos ruins em torno do personagem). 
®    Quando recebemos passe, recebemos as energias boas que o passista doa limpando nosso perispírito. (colar no quadro a figura da personagem recebendo passe)
®    E assim, os sentimentos ruins que temos dispersam, desgrudam. (retirar as nuvenzinhas do personagem) 
®    Assim é o passe, tomamos um banho de luzes energias que saem das mãos do passista que retira toda a sujeirinha (sentimentos e pensamentos ruins). 
®    O passe ajuda equilibrar nosso organismo e nossas emoções, mas se quisermos continuar a sentir sempre bem, não adoecer, devemos mudar nossos pensamentos tendo sempre pensamentos de bondade, paciência, carinho, respeito e compreensão para com todos; com papai, mamãe, amigos etc. (colar as nuvenzinhas com pensamentos bons)
Afinal, os bons espíritos e o passe podem nos ajudar, mas nós é que somos donos de nossa casa interior (mente) e dos pensamentos que nela acolhemos. 
®    O passista cede energias dele e dos espíritos para a pessoa necessitada; estes fluidos “passam” do passista para o doente; os Espíritos misturam suas energias com o do passista. Quando o passista aplica o passe ele está em prece e seus pensamentos são elevados, pensamentos de amor. 
®    O Passe foi criado por quem? Pelo espiritismo? Na verdade Jesus dava passe quando curava impondo as mãos sobre os doentes. 
®    Os médiuns passistas, como seguidores de Jesus, repetem este gesto na transmissão do passe, uma prática que faz parte do dia-a-dia das casas espíritas. O passe é possível porque todos nós irradiamos fluidos para fora dos limites do corpo físico. Os fluidos são uma espécie de matéria muito leve, que nossos sentidos físicos não percebem, mas que tem grande importância em nossas vidas. 
®    A mamãe quando sopra o machucado do filho, com amor e intenção de curar, está lhe aplicando um passe, os evangélicos quando dão a “Paz do Senhor” estão efetuando um passe, assim como os católicos quando impõem as mãos e dão a benção final em seus rituais, etc. 
®    Não devemos abusar do passe porque passe é remédio. Alguém aqui toma remédio quando não está doente? Toma analgésico se não está com dor? Pois é, não devemos abusar do passe e apenas tomá-lo quando não sentirmos bem ou estivermos doentes.
E sempre ao receber o passe devemos ter atitudes de silêncio, prece, pensamento elevado. 

2) A seguir, apresentar uma figura de Jesus e perguntar: – Jesus curava os doentes?
 O que vocês entendem por "Milagres"? Eles existem? Milagres são coisas impossíveis de acontecer. Se forem impossíveis de acontecer, então não existem, pois contrariam a ordem das coisas, as Leis de Deus. 
Se Jesus não fazia milagres, como se explica as curas que realizava? 
Na época de Jesus tudo o que o povo não conseguia explicar era tido como sobrenatural, como milagre, e até hoje é assim para muitos. Milagre é algo que vai contra as leis de Deus.
O Milagre ou o sobrenatural não é mais que um fenômeno natural das leis criadas por Deus - Leis Divinas. Dia virá em que o progresso nos levará a entender o fenômeno e aceitá-lo como natural.
Jesus curava através de sua energia, pois Ele só emite bons fluidos e ajudava muitas pessoas com isso: curava doentes. As pessoas achavam que Jesus fazia milagres. Milagres são acontecimentos que vão contra a Lei de Deus e que não conseguimos explicar. Jesus não fez milagres. Ele curava as pessoas usando energia, usando muito amor. As pessoas para serem curadas tinham que ter fé e merecimento. Por isso Jesus dizia: "Se tiveres fé", "A tua fé te salvou" ou “Vá, e não peques mais”. Jesus curava pelo olhar, através de palavras, à distância, impondo as mãos.
Todos os espíritos encarnados e desencarnados possuem energias que se originam nos pensamentos, sentimentos e atitudes; que essas energias podem ser positivas ou negativas e pedir que os evangelizando citem exemplos de pensamentos e atitudes e suas conseqüências.
Contar uma estória de uma cura realizada por Jesus: A Cura do cego de Jericó, usando gravuras como recurso didático.

CONCLUINDO: Podemos prevenir as doenças, podemos nos curar a nós mesmos. A cura em nossas vidas é através do amor que sentimos e doamos. A dose pequenina diária de perdão, compreensão, bondade, carinho, fraternidade, alegria, paciência, caridade, etc., tomada todos os dias em pequenas doses já é suficiente para cura dos males do corpo físico e do Espírito.
QUARTO MOMENTO: ATIVIDADE
          Atividade: POSSO TRANSMITIR MUITAS ENERGIAS BOAS.
          1 - Distribuir nuvens de papel coloridas "energias positivas", para colarem no desenho:
          PAZ, RESPEITO, ORAÇÃO, AMIZADE, OTIMISMO, PERDÃO, CARIDADE, BONDADE, CARINHO, AMOR, FÉ, ALEGRIA.
          2 - Pedir que cada um se desenhe, logo abaixo das energias positivas, coladas na folha.

PRECE FINAL

*A CURA DO CEGO DE JERICÓ
Chegaram a Jericó. Ao sair de Jericó com os seus discípulos e grande multidão, estava sentado à beira do caminho o mendigo Bartimeu – o filho de Timeu –, cego. Quando percebeu que era Jesus, o
Nazareno, que passava, começou a gritar: “Filho de Davi, Jesus, tem compaixão de mim!” E muitos o repreendiam para que se calasse. Ele, porém, gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem compaixão de mim!”
Detendo-se, Jesus disse: “Chamai-o!” Chamaram o cego, dizendo-lhe: “Coragem! Ele te chama. Levanta-te.”
Deixando a sua veste, deu um pulo e foi até Jesus. Então Jesus lhe disse: “Que queres que eu te faça?”
O cego respondeu: “Rabbúni! Que eu possa ver novamente!” Jesus lhe disse: “Vai, a tua fé te curou.” No mesmo instante ele recuperou a vista e seguia-o pelo caminho.

(A Bíblia de Jerusalém. Tradução de Estevão Bettencourt et al. São Paulo: Edições Paulinas, 1984, (Marcos, 5:21 a 24, 35 a 43).