18 de maio de 2010

Aula - Seguindo Jesus, o Divino Amigo

PLANO DE AULA
SEGUINDO JESUS, O DIVINO AMIGO

OBJETIVOS:
Levar a compreensão do evangelizando a importância dos ensinamentos de Jesus, e a identificá-lo como o mais perfeito guia e Modelo a ser seguido.

PRIMEIRO MOMENTO: Imitação
O evangelizador convidará as crianças a participarem da atividade de seguir o mestre imitando tudo o que ele fizer.
Ex.: Sons, ações, simples, ações amorosas, movimento de animais, etc..

SEGUNDO MOMENTO:
Todos sentados em roda, perguntar o que mais gostaram de imitar quando brincaram de imitar (buscando direcionar para as ações amorosas).
Questionar:
- Imitar é bom?
- Porque gostam de imitar?
-Quem seria a pessoa mais legal que vocês gostariam de imitar? (Esperar até que digam Jesus).

TERCEIRO MOMENTO:
Desenvolvimento:
Continuar dizendo que quando imitamos estamos seguindo um exemplo. E o melhor, e o maior exemplo para ser seguido que tivemos na Terra foi o de Jesus.
Ele é a pessoa que Deus enviou para imitarmos suas atitudes e seguir seus ensinos, porque são coisas boas que irão nos conduzir para sermos pessoas virtuosas assim como Ele um dia.
Que é Jesus para nós? Jesus é nosso irmão, amigo, Mestre, Modelo e Guia.
Jesus é nosso irmão porque somos todos filhos de Deus, Criador do Universo. Ele é como um irmão mais velho porque é um Espírito muito sábio e evoluído, por isso dizemos ser mais por ter mais conhecimentos.
E nosso amigo porque veio estar conosco aqui na Terra, nos amparar quando mais precisávamos e ainda precisamos.
Ele é nosso Mestre (professor) porque Ele é um Espírito muito sábio e veio nos ensinar adquirir as virtudes.
Jesus é nosso Modelo (modelo é algo que tomamos como referencial para imitar), porque Seus atos, Suas atitudes, a maneira como procedeu nesta ou naquela situação foi uma referência a ser imitada.
Ele é nosso Guia porque indicou o caminho seguro do amor que devemos seguir. Esse caminho são os ensinos que deixou, eles nos levam a conquistar os sentimentos de humildade, fraternidade, perdão, caridade e amor.
Jesus disse um dia a seus discípulos quando se aproximava o momento de sua desencarnação: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vai ao Pai sem mim.” Quem procura seguir Jesus é seu discípulo. Discípulo são alunos ou aprendizes de um professor. Quando Ele disse que é o caminho, quis ele dizer que o caminho a seguir era por meio de seus ensinamentos e suas ações no bem e é esse o único caminho que vai nos levar a extinguir os sentimentos maus de nossa alma.

QUARTO MOMENTO:

Teatro de fantoches

Iniciar dizendo que iremos conhecer alguns ensinamentos de nosso Professor Jesus, e quem vai contar a história é Mateus (fantoche).
“Mateus” (fantoche) se apresenta:
-Olá, galerinha da Evangelização Maria João de Deus! Presta atenção na história que vou contar. E você também D. Beatriz! (fantoche)
-Eu tô prestando atenção, replica Beatriz.
- “Um dia Jesus parou numa planície acompanhada de seus discípulos e de grande multidão de pessoas das cidades ali vizinhas, Jerusalém, Judéia e outras.
Essa multidão veio para ouvi-lo e para que curassem suas doenças. Jesus vendo que todos queriam tocá-lo, subiu num monte e com um gesto mandou que todos se sentassem. Então foi aí que ele pronunciou maravilhosos ensinamentos que mais parecia um poema. Esse “poema” se chama: O Sermão da montanha. Já ouviram falar dele? Pois então eu vou contar, prestem atenção:
Jesus correu os olhos por aquele povo todo e ensinou dizendo:
“Bem aventurados os pobres de Espírito; porque deles é o reino dos céus.
Bem aventurados os mansos; porque possuirão a terra.
Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.
Bem aventurados os misericordioso; porque eles alcançarão a misericórdia.
Bem aventurados os limpos de coração; porque eles verão a Deus.
Bem aventurados os que padecem perseguição por amor da justiça; porque deles é o reino dos céus.
Bem aventurados os que sofrem injúrias e perseguição por amor de mim. Alegrem-se porque grande recompensa vocês terão nos céus.”

- Você decorou tudo isso Mateus? Pergunta Beatriz.
- Claro, que não! Tô lendo aqui, ò! (Mostra um papel)
-Ah... Então são essas as tais bem aventuranças...
- Estes ensinamentos de Jesus resumem tudo que devemos fazer para modificar nosso coração e segui-lo.
- Ah... Tá certo... Mas não entendi muito bem as palavras...
Vira-se para os evangelizandos e pergunta:
- Vocês entederam? (Espera resposta)
-Pois é... Eu também não.
Mateus sugere:
-Vamos pedir Simone e Rayanna pra nos ajudar a entender?
-Ô Simone, ô Rayanna! Explica pra gente?

(Evangelizadoras) - Claro, explicamos sim. Jesus quis ensinar muitas coisas com isso Mateus e são a: humildade, a não julgar, perdoar, ter fé em Deus, sermos caridosos, compreensivos, pacientes.
Queria Ele nos dizer que devemos ser humildes, não ser orgulhoso, sermos compreensivos, pacientes e delicados com todos.
Que devemos procurar não julgar nenhuma atitude de nosso próximo, pois seremos julgados do mesmo jeito que julgarmos.
Perdoar os que nos ofendem e magoam, porque para Jesus não pode haver inimizades, pois somos todos irmãos e pertecemos a família Divina.
Devemos falar o bem das pessoas, mesmo aquelas que falam mal de nós. Devemos tratar o mal com o bem sempre.
Procurar ser pacientes e orar pelos nossos inimigos, aqueles que não gostam de nós, procurando na medida do possível ser amigo e simpático deles.
Tudo que fizermos aos outros, isso mesmo receberemos. E se fizermos isso estaremos sendo bons e amando nosso próximo como Jesus ensinou.
Nosso dever é fazer o bem, até para os que nos fazem mal. O resto com nosso Pai Celeste.
*A história é contada pelos fantoches

QUINTO MOMENTO: Vou contar pra vocês uma história curtinha de um menino que encontrou Jesus e decidiu segui-lo.
Contar a história: Seguindo Jesus (marcadores história).
SEXTO MOMENTO: Atividade escrita.
PRECE FINAL

*Parte do plano de aula foi retirado do site: www.cvdee.org.br

Nenhum comentário: