24 de agosto de 2012

Dinâmica - Amor ao Próximo


DINÂMICA – Amar ao Próximo
* Essa dinâmica pode ser adaptada para outros temas, bastando apenas elaborar questões com o assunto desejado.

Montagem:
  1. Colorir e Imprimir o ônibus (colar as duas partes do ônibus). 
  2. Colar os desenhos das crianças nas janelas. 
  3. Recortar as janelas de forma que abram. 
  4. Colar o ônibus em uma cartolina colorida; colei em cartolina azul para representar o céu azul e desenhei nuvens, sol, pássaros, rua.
  5. Cada janelinha ao ser aberta deve apresentar um número. 
  6. Confeccionar cartões numerados de 1 á 10 com as perguntas.
Como aplicar: 
Sortear a ordem dos participantes. O primeiro deverá escolher uma janelinha. EX: número 5, então deverá pegar o cartão número 5 e ler a pergunta, analisá-la e dizer o que está errado, como que deveria ser. Perguntar se isso é amar o próximo.

Situações

1) Mário saiu com o pai e a mãe para um passeio. Foram ao parque de diversões e ele andou em vários brinquedos. Depois foram ao asilo, Mário não queria ir, queria passear mais no parque. Seus pais conversaram com ele e explicaram que ele já tinha se divertido e que era preciso pensar nos outros, como naqueles idosos oferecendo um pouco de atenção e carinho.
Mas Mário não quis nem saber, emburrou e passou o resto da mudo e mau humorado apesar dos agrados dos idosos.

2) Rafael estava em um aniversário na casa de Antônia. Entrou sozinho em uma sala escura e , sem querer, derrubou um vaso azul, que estava sobre a mesa.
Quando a mãe de Antônia ouviu o barulho do vaso quebrado, entrou na sala, mas não havia mais ninguém. Perguntou, então à Rafael, que estava próximo à porta da sala, se ele sabia quem tinha quebrado o vaso. Rafael disse que não tinha sido ele, mas que ele tinha visto Pedro e Henrique sair da sala depois de ouvir o barulho do vaso quebrado.

3) Filipe e João voltavam para casa, já era seis da noite e estava escurecendo. De repente ao dobrarem uma esquina encontraram um rapaz caído na calçada. Filipe puxou João para seguirem dizendo que devia ser um drogado, mas João queria ajudar. Felipe insistiu, mas como não conseguiu convencer João, foi embora. João aproximou e chamou o rapaz perguntando que aconteceu e ele explicou que era diabético e passava mal. João o apoiou e o levou para casa.

4) João saiu com Paulo e Tide para ir ao cinema. No caminho pararam no armazém de seu Joaquim. Paulo e Tide pegaram, cada um, duas barras de chocolate, sem que o dono do armazém percebesse. João ficou surpreso e tentou alertá-los de que aquela titude estava errada.
Paulo e Tide riram de oão, por não ter roubado nada. João acabou voltando para casa sozinho, sem ir ao cinema, bastante preocupado com a atitude de seus companheiros.

5) Mariane morava numa casa grande com piscina. Na casa havia uma empregada que levava a filha para seu trabalho de nome clara.
Mariane ás vezes brincava com clara, mas não deixava ela pegar em seus brinquedos, que eram muitos. Clara só podia pegar no que Mariane deixava.
Quando os brinquedos estavam velhos e quebrados, Mariane dava-os para Clara que os aceitava com alegria.

6) Paula está arrumando seu quarto com a ajuda da mãe. As duas separaram uma porção de brinquedos e roupas que Paula não brinca mais há muito tempo.
A mãe de Paula pediu que a menina trouxesse uma sacola para colocar os brinquedos e roupas que a menina não usa mais, a fim de que possam levar até o Centro Espírita, onde serão doadas para as crianças carentes. Quando Paula trouxe a sacola, disse que não queria dar o que haviam separado, pois gostava muito deles e não queria que mais ninguém brincasse com eles. A menina queria que eles ficassem guardados no guarda roupa, mesmo que não mais brincasse com eles, eram muito bonitos e ela queria guardá-los.

7) Na casa de Ana a família faz o Evangelho no Lar todas as sextas-feiras, às 9 horas da noite. Nesta semana, Antônia não queria participar do Evangelho porque tinha ganhado um jogo novo e queria continuar brincando. A mãe de Ana disse que a menina tinha que participar e a garota teve que obedecer.
Durante a realização do Evangelho no Lar Ana não quis fazer a prece, nem a leitura e ficou o tempo todo empurrando o irmão menor.

8) Lívia é aluna nova na classe de Raíssa. Elas nunca conversaram, mas Raíssa disse que não gosta de Lívia e que ela é muito chata. Lívia tem tido dificuldade para fazer novos amigos porque Raíssa não quer que suas amigas sejam também amigas de Lívia, e inventa muitas coisas que inventa sobre Lívia.

9) A turma de Taís vai fazer uma excursão. Eles vão decidir o destino através de uma eleição.
Taís quer muito ir para uma fazenda. Durante a última a última semana ela fez campanha para que todos votem para irem à fazenda. Para convencer os colegas Taís inventou que na fazenda há muitas coisas legais, como piscina e um parque, que ela sabe que não existem no local.

10)  Roberto não gosta de Rodrigo. Na escola Roberto provoca uma discussão com Rodrigo. Os colegas incentivam a briga, mas Rodrigo não quer brigar, respira fundo e se enche de coragem e conversa com Roberto explicando que não quer briga, não tinha motivo e acaba por convencer  Roberto depois de uma boa conversa, que deseja sua amizade e não ao contrário.


AMAR AO PRÓXIMO É FAZER AOS OUTROS
O QUE DESEJAMOS QUE FIZESSEM A NÓS.


IMAGENS PARA MONTAGEM

















Nenhum comentário: