19 de outubro de 2009

Aula - Familia

PLANO DE AULA
FAMILIA

Objetivo: Despertar na criança a compreensão de que é no lar, junto do grupo familiar que encontramos a ajuda que necessitamos para nosso crescimento espiritual.
Harmonização com música
Prece Inicial

Primeiro momento: Diálogo
Pedir aos evangelizandos que falem sobre sua família (quantas pessoas são; se tem irmãos e irmãs; se mãe e pai trabalham; tem bichinhos de estimação, etc).
Segundo momento: Exposição do tema (usei gravuras e cartazes)
O que é família? (fixar no quadro o desenho de uma casa)
Família é reunião de duas ou mais pessoas que se unem para se ajudar e evoluírem juntas.

Deus nos coloca na vida em família para que, na posição de pais e filhos, possamos nos ajudar.
Como uma é formada uma família? (fixar o desenho de uma família)
De pai, mãe, irmãos e irmãs consangüíneos ou adotivos, avós, tios, primos, etc.
O lar é o local onde começa nossa missão no mundo, são entre as paredes de nossa casa, juntos de nossos pais e irmãos que preparamo-nos para a vida.


Quando reencarnamos, encontramos no lar não apenas o teto que nos abriga, mas a escola que nos orienta.

É no lar que aprendemos as primeiras lições do amor, paciência, compreensão, perdão, etc.
É com nossos familiares (pai, mãe, irmãos, avós, etc.) que vamos exercitar as
lições do amor e estendê-los aos outros ou praticar.
É com nossos familiares (pai, mãe, irmãos, avós, etc.) que vamos exercitar as lições do amor e estendê-los aos outros ou praticar.
Quando Jesus nos recomenda amar ao próximo como a si mesmos, Ele queria nos ensinar que é amando a nossa família que vamos aprender a amar o próximo até a humanidade.

A família representa ainda o ponto de reencontro com pessoas queridas (de outras vidas), ou aqueles que prejudicamos e que no plano espiritual pedimos novo convívio com eles na posição de pai, mãe, filhos, irmãos, etc.
O melhor meio de amar a família que nos acolhe está na harmonização com os nossos familiares e na cooperação permanente com todos.

Há sentimentos que devem estar presentes nos corações das pessoas da família. Quais são? (escrever no quadro – exemplo: paciência, amizade, paz, carinho, bom humor, perdão, compreensão, união, respeito, caridade, amor, tolerância, alegria).

Encontramos familiares pelos quais sentimos afinidade (gostamos) outros não, mas é para podermos desenvolver o amor e a compreensão, portanto devemos nos esforçar para tentarmos ser cada vez mais amigos deles.
Isto exige esforço e perseverança de nossa parte. Podemos começar a desenvolver o amor, nesse caso, respeitando, tratando bem e não desejando mal a quem não gostamos.


Jesus fez uma pergunta para algumas pessoas, foi assim: Um dia, quando ensinava na casa de Pedro, a mãezinha de Jesus pediu para alguém chamá-lo e Ele respondeu: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?”
Mas, o que Jesus quis dizer com isso? Ele estava negando sua família?
Meus amiguinhos, Jesus não perdia oportunidade para ensinar, Ele apenas aproveitou o momento chegado da sua família corporal para ensinar que existe a família corporal e a família espiritual.


O que é família corporal e a família espiritual? A família corporal é a qual estamos unidos pelos laços de sangue (pai, mãe, irmãos, etc.). A família espiritual é aquela a que estamos unidos por laços de afetos (amigos, vizinhos, professores ou pessoas que convivemos).

Terceiro momento: dar exemplos de laços corporais e espirituais para que eles identifiquem.
1 - Duas vizinhas que têm uma amizade muito grande, se ajudam e estão sempre uma apoiando a outra nas dificuldades que surgem. (Laços espirituais)
2 - Dois irmãos que brigam muito. (Laços corporais, pois são da mesma família. Podem vir a desenvolverem laços espirituais fortalecendo uma verdadeira amizade).
3 - Duas irmãs que se dão bem, se ajudam, gostam da companhia uma da outra, tem uma amizade muito legal. (Laços corporais e laços espirituais).
Quarto momento: Atividade final: Tela de cinema – distribuir a TV (feita de cartolina) e a tirinha para desenharem a história de sua família. Usei palito de churrasco para enrolar a tirinha.
Depois é só brincar!
Prece Final
TELA DE CINEMA

*O desenho acima foi feito por mim, inspirei-me conforme abaixo.

7 comentários:

Mazaropi disse...

Me emocionei em ver sua dedicação e o resultado do seu trabalho. Que Deus continue te inspirando a usar o seu tão precioso tempo trabalhando no bem.

Cássia disse...

Adorei seu trabalho, vou usar ainda hoje com as crianças da Evangelização Infantil. Continue assim. A propósito, são lindas suas crianças, Beijos, Cássia.

Sílvia Barão disse...

Suas aulas são fantásticas! Fui EI durante muitos anos, quando nem existia internet (risos), mas agora, com tantos blogs e com aulas tão bem elaboradas... não ouso mais ficar bolando o que fazer... hoje tudo está mais fácil e a doutrina espírita ocupando seu espaço, felizmente. Peço à Deus que sempre te ilumine e te inspire sempre. Parabéns.

Luciano disse...

Muito bom, parabéns. Me inspirei em teus ensinamentos para ministrar a aula pra criançada na Rocinha, RJ. Abraço.

Anônimo disse...

Deus te Ilunine sempre!!!
Muito obrigada pelas dicas....trabalho com Evangelização Infantil e sempre recorro ao seu blog para me inspirar e muitas vezes aplicar suas técnicas!
É ato de Amor e Caridade e de desprendimento o que você faz conosco!
Abraços fraternais
Mine

Alexandre Andrade disse...

Amanhã minha aula vai ser sobre família e lar – estava escrevendo e fui acudir meu filhote que estava resmungando no berço, ele está com dois anos e meio – como é maravilhoso ter uma família e um lar!!!! Quantas crianças são carentes dessa estrutura...

Espero poder despertar nos corações carentes os valores espirituais da família. Suas sugestões e gravuras serão de grande valor! Adorei seu blog! Continue sempre...

Grande abraço!

Alexandre Andrade – Grupo Espírita Servos de Jesus – BH – MG

luciana disse...

Muito obrigada pela dica, as minhas crianças vão adorar!!!
Beijos,
Luciana Ribeirão Preto