28 de setembro de 2011

Trilha "Porta Estreita" e "Porta Larga"



Esse jogo é muito bom! As crianças amam.

Pode ser feito em todos os ciclos, do jardim à mocidade. Basta adaptar as questões e as tarefas.

Ele é baseado na passagem:

"Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem." - Jesus (Mateus 7:13 e 14)

É uma trilha, onde a criança ou o jovem serão levados a fazerem escolhas que levarão a uma pontuação, pois o importante, neste jogo, não é terminar a trilha primeiro, mas acumular um número mínimo de pontuação.

Um exemplo:

Na casa número 14 do caminho maior está escrito o seguinte: "Uma criança perdida? Opa! É preciso ajudá-la a encontrar seus pais. Se decidir ajudar, vá para a ESCOLA (que fica na casa 7), seus pais estão lá. Se não, avance uma casa." Se a criança decidir voltar à escola, então faz um número de pontos. Se não, avança a casa mas não pontua. Existe a opção de um caminho mais curto, mas nele não há distribuição de pontos. Para fazer o mínimo de pontos, não tem jeito: Tem que entrar pela porta estreita, ou seja, o caminho maior.

Entendeu? Vai parecer desvantagem o caminho mais longo ou as boas escolhas, mas somente eles fazem pontuação. E quem não faz o mínimo de ponto tem que começar de novo para acumular os pontos necessários. Sendo assim, quem acabou primeiro, sem pontuar, perdeu foi tempo, ao invés de ganhá-lo

Já fiz essa trilha muitas vezes. E não repeti a mesma trilha duas vezes. A que tenho guardada, é só um exemplo, para a idéia não se perder.

Para fazer a trilha humana com os pequenininhos, imprima as casas em folha A4 e faça a trilha no chão. Divida a sala em 4 grupos e eles escolheram a criança que será o Peão. Fazer um dado com uma caixa, fica muito bom. Aí, nas casas que não tem tarefas, criaar algumas, como por exemplo, perguntas simples sobre o tema da aula. Ou então versinhos sobre o tema onde a criança teria de advinhar a palavra que falta.

Olha um exemplo:

Livre arbítrio!... Livre arbítrio!...

O homem faz o que quer,

Mas sempre responderá

Por aquilo que ....................... (aí a criança é que tem que adivinhar) FIZER.

Cornélio Pires, no livro: Caminhos da Vida, psicografia de Francisco C. Xavier

Fica bom usar as músicas de evangelização, cantando um pedaço e a criança completando.

Para os maiores, dá pra usar questões do Livro dos Espíritos, passagens do Evangelho, Poesias mais complexas...

Com a turma mais tímida, que eu sabia que não quererão ser peões humanos. Fazer uma trilha enorme, que dê em uma mesa grande, ocupando-a toda. Os peões enormes também.

Aí, de lembrança, manda a trilha pequena, com peões e regras para a criança brincar em casa. As tarefas podem ser fichas, que podem ser embaralhadas e retiradas quando se cair nas casas marcadas. Faz um dadinho de papel pra ela montar, e pronto! É um sucesso e ela ainda vai lembrar da evangelização em casa!

Aqui está sugerido para o tema Livre Arbítrio, mudando o contexto da trilha. Colocando perguntas e respostas, etc...

Se a gente tiver boa vontade e espírito de serviço, fica tudo muito tranquilo. Nossas crianças merecem, com certeza!

Fonte: http://cooperecomjesus.blogspot.com/2010/03/trilha-porta-estreita-e-porta-larga.html

Um comentário:

Rosita Castelo disse...

11 Oi, gente!
Bacana esse trabalho. Estão de parabéns e eu tenho muito a agradecer pelo muitão de informações e ajuda que recebo de voces.
Muito obrigada!
Paz e benção!