26 de abril de 2011

Aula - O Cristo Consolador

PLANO DE AULA

O CRISTO CONSOLADOR

Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. 6

Objetivo:

· Esclarecer que o Espiritismo é o Consolador Prometido por Jesus que vem esclarecer os ensinamentos de Jesus á luz da razão.

· Levar ao entendimento do evangelizando que quando buscamos em Jesus e no seu Evangelho alívio para os nossos sofrimentos, Ele nos conforta.

Bibliografia: São João, cap.14: 15,16 17 e 26; Mateus 11: 28 a 30; Lucas, cap. 13: 3 a 7; Evang. Seg. o Espiritismo para Infância, de Maria Helena Fernandes Leite; Jesus já Falava no Espiritismo - O Consolador prometido, vol.1; 52 Lições de Catecismo Espírita – lição 41.

Harmonização com músicas

Prece Inicial

Primeiro momento: Diálogo inicial com exposição de imagens no PowerPoint.

Apresentar gravura da cena do Sermão do Cenáculo e iniciar o dizendo: “Ao se reunir com os discípulos para a comemoração da páscoa judaica, Jesus já sabia que seria a última ceia com eles, seus apóstolos, Simão Pedro o negaria três vezes antes de amanhecer e Judas Iscariotes o trairia naquela noite.

Jesus então serenou os corações dos apóstolos e depois lhes disse que em breve não estaria entre eles, e pediu que guardassem (ou não esquecessem) seus ensinamentos e que se amassem uns aos outros, como Ele os amou, e por fim, disse que enviaria um Consolador que viria a explicar o que Ele não pode, e lembrar o que eles esqueceriam.”

Quando esteve aqui na Terra Jesus dizia que quem estivesse sofrendo, fosse até Ele, dizia que deveríamos aprender com Ele a ser manso e humilde de coração, que as nossas dores seriam aliviadas. Dizendo assim acalmava e aliviava dores e sofrimentos das pessoas e despertava a fé na bondade de Deus.

Aqui na Terra há muito sofrimento, mas é porque ainda temos no coração sentimentos inferiores muitos defeitos e por isso as pessoas nascem muitas vezes, ou reencarnam, para corrigir esses defeitos com dor e sofrimento, mas é para um dia aprender apenas a amar, a ser bom.

Antes de sua morte, Jesus disse que não nos deixaria sem consolo, enviaria um consolador para revelar o que Ele ainda não pode. Dizia Ele a nós, quem O amasse e guardasse (não esquecesse) seus ensinamentos e os colocasse em prática teria paz, não sofreria muito, “porque seu jugo era suave e o seu fardo leve”. Queria dizer que se nessa existência sofremos, mas se O seguirmos, ou seguirmos seus ensinamentos, nossos sofrimentos seriam amenizados, pois o amor e a bondade amenizam qualquer dificuldade.

Citem alguns ensinamentos que Jesus ensinou (esperar as respostas e completar): ensinou a não julgar o semelhante, a perdoar para sermos perdoados; respeitar o próximo, não ter preconceito nenhum, seja de cor, raça, religião; a ser bom, dêem e será dado a vocês, ou ser caridoso, generoso; ser pacífico, humilde; amar o próximo e fazer a eles o que você deseja pra você, porque todos somos irmãos e o Pai de todos nós é Deus, somos uma só família.

Quem segue os ensinamentos de Jesus desenvolve o amor fraterno no coração, a estima para com todos. E esses sentimentos diminuem nosso sofrimento na Terra, é o jugo leve que Jesus se referiu.

Segundo Momento:

No Sermão do Cenáculo, que também ficou conhecido por Santa Ceia, Ele disse que o Pai, num momento oportuno, mandaria um Consolador para ficar conosco, o Espírito de verdade, que ensinaria todas as coisas e explicaria até os milagres que Ele fazia.

Deus mandou então o Espiritismo que é o Consolador que lembraria os ensinamentos de Jesus, consolaria os que sofrem e revelaria o que Jesus não pode revelar naquela época. O Espiritismo também é chamado de Cristianismo Redivivo, porque lembra o que Jesus ensinou, com muitos detalhes.

Vamos definir a palavra "CONSOLADOR". Consolador é aquele que consola, anima, conforta, dá esperança. Quem é o Consolador prometido por Jesus é o Espiritismo e quem a trouxe foi Allan Kardec.

O que já sabem sobre o Espiritismo? Foi ditado por diversos Espíritos e codificado (organizado) por Allan Kardec, que fez perguntas e organizou as respostas em cinco obras.

Quais são essas obras? O Livro dos Espíritos, O Livros dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, OCéu e o Inferno, e A Gênese.

Por que motivo o Espiritismo se apresenta como o Consolador prometido por Jesus? A revelação cristã sucedeu à revelação mosaica, e a revelação dos Espíritos veio completá-la. O Espiritismo é segundo afirmam os Espíritos superiores, o Consolador prometido pelo Cristo. E ele, de fato, preenche integralmente as condições mencionadas na promessa do Cristo, por que:

1º - procura lembrar-nos o que Jesus ensinou;

2º - ensina-nos muitas coisas que o Evangelho não pôde explicar adequadamente;

3º - consola e conforta os que sofrem ao mostrar-lhes a causa e a finalidade dos sofrimentos humanos.

O Espiritismo é a Revelação dos Espíritos superiores aos homens, é o Consolador que Jesus disse que enviaria, e escolheu Allan Kardec para a grande tarefa de lembrar os ensinamentos de Jesus e fazer revelações que naquela época não pode fazer.

Allan Kardec recebia dos Espíritos Superiores, através dos médiuns, as revelações e organizou e publicou tudo em livros. Um deles é o que estamos estudando: O Evangelho Segundo Espiritismo.

Os Espíritos de luz revelaram a Kardec que a gente vem do mundo espiritual, nasce aqui neste plano material para estudar desenvolvendo a inteligência e ter conhecimento, para ser bondoso auxiliar o próximo para assim aprender a amar, corrigir defeitos como a inveja, o ciúme, o egoísmo, orgulho, raiva e depois voltar para o plano espiritual de onde viemos. E reencarnará ou voltará a nascer e renascer muitas vezes até ser bom como Jesus.

O espiritismo consola porque fala da vida após a morte do corpo físico. E aquele que sofre com resignação e humildade terá a recompensa no plano espiritual.

Apesar de Jesus vir e ensinar a lei de amor, ainda há muita violência, há muitos espíritos de coração endurecido que não deixam o orgulho, a vaidade, e o Espiritismo veio para reforçar os ensinamentos de Jesus. Essas pessoas de coração endurecido desencarnam e nascem outra vez, e continuam do mesmo jeito. Mas, o planeta Terra vai evoluindo porque há muitas pessoas boas. E as maldosas não ficarão mais aqui, porque Jesus disse que só os mansos e pacíficos ficarão na Terra, estes habitarão outros mundos inferiores a Terra.

Enquanto isso devemos fazer o bem sempre, e orarmos muito por eles.

Terceiro Momento: Contar a parábola da Ovelha perdida. Vou contar-lhes uma parábola, é uma história que Jesus contava, que nos mostra como Jesus tem cuidados conosco.

Quarto Momento: Dinâmica – Com Jesus e Sem Jesus.

1. Preparar um fantoche para cada criança, de um lado ele tem o coração alegre e do outro o coração triste.

2. "Eu vou falar algumas frases ou vou apresentar algumas imagens (crianças gritando, pirraçando, etc, e, crianças ajudando em casa, um amiguinho, etc.), e se tem relação é Com Jesus, vocês devem levantar o coração alegre. Se não tem é Sem Jesus, vocês devem levantar o coração triste.

3. Depois as crianças mesmas podem sugerir situações que com Jesus causam alegria ou tristeza, sempremostrando o rostinho certo.



Quinto Momento: Atividade escrita

PRECE FINAL



5 comentários:

Fernanda Sarti de Almeida disse...

Seu blog esta cada dia mais lindo. Eu costumava a ser evangelizado quando eu estava no Brasil e suas aulas me ajudavam muito. Mesmo aqui nos EUA eu continuo lendo sempre que posso.
Obrigada por dedicar esse tempo no seu blog!

Simone Anastácio disse...

Obrigada você Fernanda, seu carinho me estimula.
Muita paz no seu coração,
Simone

Priscilla disse...

Oi! Estava precisando de umas ideias para uma aula sobre o Cristo Consolador e encontrei aqui muitas sugestões... Obrigada! Continue escrevendo e trazendo luz pra nós!...

Paola Oliveira disse...

Mais uma vez, aula maravilhosa! Parabéns. Sucesso

Anônimo disse...

Que maravilha! Muito obrigada, você tem me ajudado muito.
Que a Luz seja ambundande em sua família.